Marido de médico que perdeu a vida ajudando vítimas no RS revela detalhes da última conversa

Na última terça-feira, dia 14 de maio, a notícia da partida do médico Leandro Medici, que rolou num abrigo lá no Rio Grande do Sul, deixou geral com o coração na mão. O cardiologista saiu do Espírito Santo e foi direto pro Rio Grande do Sul pra dar uma força pros que tavam sofrendo com as chuvas.

“Partiu como um verdadeiro herói aquele médico cardiologista que veio lá do ES pra dar uma mãozinha pro pessoal do Sul”, postou uma moradora da região, num misto de tristeza e pesar pela situação.

A galera encontrou o Leandro Medici sem batimento lá dentro do abrigo, na área de São Leopoldo. Pelos papos das autoridades e da família dele, parece que o médico teve um mal súbito do nada e se foi.

Com a notícia da partida dele, uma galera ficou arrasada e fez questão de destacar o quão crucial era o trabalho do Leandro Medici pra tanta gente por aí. Muita gente mandou aquela energia positiva pro cara descansar em paz e pra família encontrar conforto nesse momento difícil.

Na véspera de dar o fora de Vila Velha, o médico fez um vídeo maneiro e soltou nas redes sociais, falando da empolgação dele em ajudar a galera que estava na condição precária. Ele se fez presente lá junto com outros colegas da área da saúde.

O governador do RS, Eduardo Leite, também entrou na onda de tristeza que acometeu a todos, dizendo que tava de coração partido com a notícia da partida desse médico que se ofereceu sem pensar duas vezes pra ajudar a galera que tava na pior.

A parada no RS ainda tá feia, e por isso tá rolando uma mobilização da pesada, com vários famosos juntando as tropas pra mandar ver nas doações e dar uma luz aos afetados, tudo pra dar aquela força pros que tão na linha de frente dessa batalha.

Veja também:

Médico do ES que foi encontrado morto em abrigo no RS gravou vídeo antes de viajar: ‘Vamos ajudar os nossos irmãos’

O médico Leandro Medice, do ES, com seus 41 anos, foi encontrado sem vida num abrigo em São Leopoldo, RS, na manhã dessa segunda-feira (13). Ele tava no meio da sua primeira missão humanitária. Antes de ir pro Rio Grande do Sul, que tava se lascando com as chuvas, o cardiologista soltou uns vídeos falando da alegria dele em dar um apoio pras vítimas e até confessou estar “ansioso” pra chegar lá.

“Ei pessoal! Hoje eu estou fazendo uma coisa diferente. Pela primeira vez, eu vou partir para uma missão humanitária. O Sul está precisando da gente. Então, saí um pouco da minha rotina, do conforto do consultório. A cirurgia acabou agora pouco, a gente já emendou. São 4h da manhã agora. A gente tá indo pra lá ajudar os nossos irmãos que estão precisando. Eu vou tentar passar pra vocês aqui a real situação que está lá até mesmo pra gente conseguir juntar mais forças pra ajudar o pessoal, que está precisando em meio a essa catástrofe no Sul. Assim que eu conseguir, eu mostro tudo que está acontecendo e vamos juntos nessa missão. Conto com a oração de vocês pra gente juntar forças e ajudar o máximo de pessoas que a gente conseguir. “, falou ele no vídeo publicado.

Artigos relacionados